Página Inicial

< voltar




15/03/2020

Ponto de situação - Covid 19

 

Ponto de situação – Covid 19

A WeMob, agindo em conformidade com as orientações das instituições do Governo de Portugal, tem elaborado e implementado o seu Plano de Contingência, considerando a necessidade de responder na medida da sua responsabilidade social aos apelos das entidades de saúde nacionais no que respeita à contenção da propagação do vírus Covid 19, assume responsavelmente a tomada de decisões extraordinárias para tomar a sua parte no combate a este surto e, assim, defender os Almadenses, os seus trabalhadores e Almada.

Sabendo que a propagação do Covid 19 é feita por contacto direto, e que tal contacto pode ser pessoal ou sobre superfícies inanimadas onde o vírus se tenha depositado, decidimos tomar todas as medidas possíveis para minorar o risco de propagação deste vírus, por via da nossa atividade, à população.

Com um grande espírito de empenho por parte dos nossos trabalhadores, e graças a um investimento atempado em novas tecnologias e numa plataforma de trabalho digital, temos hoje as ferramentas necessárias e indispensáveis para conseguirmos manter a WeMob a funcionar com menos de metade dos trabalhadores nas nossas instalações e esperamos, dentro dos próximos dias, reduzir o número de trabalhadores presentes ao mínimo essencial para assegurar serviços que a cidade necessita nesta situação extraordinária.

A WeMob poderá rever as suas próprias medidas de contingência e mitigação sempre que se justificar.

Sabemos que atravessamos uma situação extraordinária, que implica soluções extraordinárias. Consideramos que esta é a melhor forma de contribuir para o esforço comum, para defender os trabalhadores da WeMob e os Almadenses. Conscientes das enormes alterações que estas medidas provocarão na utilização do espaço publico, apelamos ao bom senso, ao espírito de comunidade, e ao cuidado com o próximo, para conseguirmos ultrapassar esta situação extraordinária.

Alteração dos serviços

Actualização (9 de abril):

Tendo em conta a manutenção do estado de emergência decretado pelo Presidente da República no passado dia 3 de abril até ao próximo dia 17 de abril a WeMob manterá as alterações dos serviços durante a permanência do Estado de Emergência, em Portugal.

Actualização (4 de maio):

A WeMob manterá as alterações dos serviços até indicação em contrário.

Foram tomadas as seguintes medidas, a vigorar desde já e até dia 9 de abril, e sujeitas a apreciação até essa data:

  • Atendimento Presencial
    O atendimento presencial foi encerrado, de forma a limitar a exposição do publico e dos nossos trabalhadores. Todo e qualquer assunto urgente deverá ser tratado através do email geral(0)wemob.pt ou através dos números de telefone:
    • 918 949 284
    • 917 697 050
    • 212 743 918
  • Parquímetros
    Permitir o estacionamento gratuito em todas as zonas tarifadas, evitando que a utilização dos equipamentos funcione como eventual mecanismo de propagação do vírus;
  • Fiscalização
    Todas as atividades de fiscalização encontram-se suspensas, havendo uma equipa de reboque de prevenção disponível para situações de emergência e apoio às autoridades locais como PSP, Bombeiros, Proteção Civil, GNR ou Polícia Marítima
  • Contraordenações
    Suspensão dos prazos para pagamento de coimas e apresentação de defesa que terminem entre 13 de março e 9 abril até maio;
  • Obras
    Suspender toda a atividade da equipa de manutenção/obras nas Praias do Sul e nas instalações da empresa assim que terminarem as atividades em curso que, por motivos técnicos e de segurança, não possam ser interrompidas, passando nesse momento a equipa de manutenção à situação de prevenção.
  • Gestão do Litoral
    Reforçar as indicações da Capitania do Porto de Lisboa, em articulação com os titulares dos apoios de praia, de forma a ajudar no cumprimento das restrições aplicadas, nomeadamente ao nível das atividades desportivas ou de lazer que impliquem aglomerados de pessoas, que sugerimos que não ultrapassem as cinco pessoas.

  • Parques de estacionamento
    • As avenças diurnas não vão ser renovadas, permitindo temporariamente alocar mais lugares para os residentes que tenham de ficar em casa
    • Vai ser criada uma avença especial mensal de 24 horas exclusivamente para residentes em todos os parques, a adquirir entre o período de 13 de março e 9 de abril, ao preço das atuais avenças noturnas mais fim-de-semana, ou seja, de 26 Euros

 

Com o intuito de contribuir para o enorme esforço de proteger todos os cidadãos e os Almadenses, em particular por forma a minimizar a propagação do vírus, e face ao elevado risco de exposição dos seus trabalhadores, a WeMob vê-se forçada a tomar estas medidas, sabendo os constrangimentos que provocarão no cumprimento da sua missão.